Javalis assassinos e dragões da sorte.

falcorloki

Dia desses a minha casa estava cercada por javalis.

Seria cômico se não fossem javalis assassinos. Então vamos corrigir a frase:
Dia desses a minha casa estava ameaçada por javalis.

Estavam todos ali de “butuca” só esperando alguém sair para ser o jantar e eu, como protagonista do sonho, precisava salvar as pessoas. Notei que as pessoas no ato do medo-desespero-histeria tendem a ter um grau de teimosia elevado e, por isso, precisei carregar vários parentes nas costas até um lugar a salvo.

Mas como nada é facilitado, para chegar nesse lugar seguro eu precisava ir construindo uma parede pros bichos não passarem, e isso era proibido (não perguntem porque).

Então como era proibido, eu passei logo de heroína para refugiada. Corri muito e fui parar em um lugar que levava aos encanamentos da cidade. Então o vilão me prendeu em uma bóia grandona e eu comecei a fazer um tour pelas correntezas dos esgotos, sem saber onde eu iria parar.

Porém eu não estava triste porque nas paredes dos canais onde eu ia passando haviam várias pelúcias e pinturas do Falcor. E até o final do sonho eu fiz várias tentativas (falhas) de conseguir uma pra mim.

Falcor1

Anúncios

Uma opinião sobre “Javalis assassinos e dragões da sorte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s